VTT 102: origens

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

VTT 102: origens

Mensagem por Marcelo Dior em Dom Nov 21, 2010 10:13 pm

Todo GM já passou por isto: jogo novo, grupo novo. Como juntar esses personagens? Que fazer para dar início à história, deixar jogadores (e personagens!) interessados logo de cara? Essa é a parte mais crítica de qualquer jogo, que pode definir se sua história irá durar ou se descarrilará logo na primeira sessão. Ouça este episódio e aprenda com nossos erros.

[00:00] Abertura.
[03:22] Dificulddes em juntar o grupo de personagens.
[11:29] Usando objetivos comuns temporários.
[16:51] O objetivo comum pré-determinado pelo cenário.
[21:49] Tem jogador que faz questão de atrapalhar.
[26:18] Deixar o jogador fazer o que quiser?
[33:01] “Liberar tudo e arcar com as consequências.”
[36:45] Avisos paroquiais.
[41:59] Vozes de Fundo: vozes… de fundo, bazuca no Cthulhu, Mutant City Blues.

_________________
Blogs de Dungeons & Dragons 4e em Português! Assine o feed.
avatar
Marcelo Dior
Comandante
Comandante

Mensagens : 1691
Data de inscrição : 17/01/2009
Idade : 37
Localização : Ribeirão Preto (SP)

Ver perfil do usuário http://marcelodior.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VTT 102: origens

Mensagem por Arquimago em Seg Nov 22, 2010 7:54 am

Mas fazer personagens exóticos é tão legal! Acho que eu já falei isso aqui, mas já fui um jogador que fazia coisas exóticas... porem em minha defesa, nunca dei "trabalho para ir em missões", gostava só de testar tanto as regras, quanto "ser diferente", agora atrapalhar a história não.

Seria eu também um jogador do tipo que vocês falaram?

Ta certo que eu mudava de PJ uma vez por mês... mas saia tanto livro... Very Happy

Mas o que me deixava mais puto Furioso mesmo era que muitas vezes o mestre só falava não, ou começa o jogo falando que podia fazer qualquer coisa, dai por preguiça de pensar em uma aventura com as habilidades do meu Pj (e não das dos outros) ele não deixava usar!

Uma vez outro do grupo narrou, e uma outra vez jogamos com humanos normais em Ravenloft. A proposta em ambos os casos estavam lá colocadas e as restrições, cara meu Pj foi um dos mais legais! Fiz certinho com o clima da aventura.

Fora que o mestre se perdia também, acho que foi culpa dos dois no final, vamos ser justos. Eu "descobri" o RPG mostrei para esse meu amigo que narrou com os vizinhos dele e não me chamou, dai eles ficaram no 3D&T, e eu tive que fazer minha faze de burrices no D&D mesmo.

Falando nisso, começo de vida rpgista é liberado "fazer o que quiser"? Sabe é normal sair "coisas estranhas"? E jogos "vale tudo"? Como ficam nessa situação?

Machado neles também Narradores/MJ/M?


Ps.: Estou ouvindo ainda, e Vozes de Fundo é legal sim! cheers


Ps2.: Marcelo a Retropunk já traduziu o Rastros! Estou com meu PDF, e eles estão vendendo uma Pré-Venda do livro impresso e tu ganha o PDF de Grátis, o jogo me parece fantastico!

_________________
Rubens O Grande Arquimago!!!
avatar
Arquimago
Tenente-Comandante
Tenente-Comandante

Mensagens : 767
Data de inscrição : 02/02/2009
Idade : 29
Localização : Jaú - São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VTT 102: origens

Mensagem por Lucas Monteiro em Seg Nov 22, 2010 11:26 am

Arquimago fazer personagem exóticos é legal as vezes quando o jogador faz uma estória bem legal mas as vezes da um trabalho de encaixar no grupo
Eu como mestre é bom limitar algo que você não vai dar conta ou ser prazeroso para encaixar no grupo ou na aventura, eu na ultima aventura de D&D eu proibi Devas !!!!!
Ps:Eu adoroo o vozes de fundo Very Happy
avatar
Lucas Monteiro
Recruta
Recruta

Mensagens : 30
Data de inscrição : 05/10/2010
Localização : Teresina,Pi

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VTT 102: origens

Mensagem por Marcelo Dior em Seg Nov 22, 2010 2:04 pm

Arquimago escreveu:Seria eu também um jogador do tipo que vocês falaram?
Acho que existe uma linha muito pouco clara entre personagens exóticos e personagens estúpidos, e é difícil classificar personagem por personagem sem incorrer em juízo de valor.

Mas um elfo que odeia ser elfo, queria ser humano, cortou as pontas das orelhas e usa uma máscara de couro para esconder a beleza... é estúpido. Ah-han, este foi um personagem real que eu vetei em 2004.
Mas o que me deixava mais puto Furioso mesmo era que muitas vezes o mestre só falava não, ou começa o jogo falando que podia fazer qualquer coisa, dai por preguiça de pensar em uma aventura com as habilidades do meu Pj (e não das dos outros) ele não deixava usar!
É por isso que eu faço questão de sempre ter a ficha, ou uma cópia da ficha, dos personagens comigo. Assim posso criar aventuras pensando nas habilidades de cada um. Websites como Obsidian Portal e ipla4e, nesse sentido, são uma mão na roda.
Falando nisso, começo de vida rpgista é liberado "fazer o que quiser"? Sabe é normal sair "coisas estranhas"? E jogos "vale tudo"? Como ficam nessa situação?
Eu acho que jogadores iniciantes, não só de RPG mas veteranos que estão descobrindo um novo sistema, se perdem e se confundem com muitas opções — analysis paralysis, alguém diria. Logo, se você ainda não está absolutamente confortável com o jogo, deveria pedir ao GM por limitações, do tipo quais as classes/raças mais adequadas.
Ps2.: Marcelo a Retropunk já traduziu o Rastros! Estou com meu PDF, e eles estão vendendo uma Pré-Venda do livro impresso e tu ganha o PDF de Grátis, o jogo me parece fantastico!
Não estão vendendo um preview que também é compromisso de compra, como um tipo de pré-venda?

_________________
Blogs de Dungeons & Dragons 4e em Português! Assine o feed.
avatar
Marcelo Dior
Comandante
Comandante

Mensagens : 1691
Data de inscrição : 17/01/2009
Idade : 37
Localização : Ribeirão Preto (SP)

Ver perfil do usuário http://marcelodior.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VTT 102: origens

Mensagem por vitor.pissaia em Seg Nov 22, 2010 2:40 pm

Marcelo Dior escreveu:Não estão vendendo um preview que também é compromisso de compra, como um tipo de pré-venda?

Na verdade eles andaram liberando o preview para quem comprou o livro na pré-venda. Mas o pdf está pronto, já recebi o arquivo por email, na íntegra, e por estes dias eles iam fazer o envio do livro, propriamente dito. Pelo que vi do pdf, a qualidade está ótima, mas só vou ler quando o material impresso chegar.
avatar
vitor.pissaia
Civil
Civil

Mensagens : 1
Data de inscrição : 22/11/2010
Idade : 32

Ver perfil do usuário http://www.maloca.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VTT 102: origens

Mensagem por Dbohr em Seg Nov 22, 2010 5:20 pm

Um amigo meu queria convencer a namorada a jogar AD&D com a gente para ela perder o ciúme do RPG. Daí ela me veio com a ideia de uma Maga que tinha uma serpente encantada alojada no coração; a serpente tinha poderes e tal... quando a gente disse que a proposta não era bem essa, ela se empombou. "Mas não uma história de fantasia? Fantasia pode tudo!"

Em retrospecto, acho que poderíamos ter adaptado um pouco o esquema de Familiares, mas o grupo já estava tão bagunçado que acomodar um personagem tão exótico de uma jogadora que todo mundo SABIA que não ia durar seria trabalho demais por nada Smile




E só pra não deixar passar em branco, Call of Cthulhu d20 é melhor que o original -- que também trazia as fichas dos Old Ones, diga-se Very Happy

_________________
Leia meu blog: "O Telhado de Vidro" - Ciência, Crítica e Humor!

Dúvidas sobre o PbF da Celestia? Clique aqui e consulte o computador-biblioteca!
avatar
Dbohr
Comandante
Comandante

Mensagens : 1418
Data de inscrição : 29/09/2009
Idade : 42
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://otelhado.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VTT 102: origens

Mensagem por Marcelo Dior em Seg Nov 22, 2010 7:14 pm

Dbohr escreveu:E só pra não deixar passar em branco, Call of Cthulhu d20 é melhor que o original -- que também trazia as fichas dos Old Ones, diga-se Very Happy
Eu nunca li Cthulhu d20, mas o Realms of Cthulhu, que acabei de ler, também tem as fichas dos Elder Gods, Great Old Ones e dos Outer Gods, mas o propósito é dar uma noção de escala de poder ao GM, e poder quantificar coisas como a quantidade de Mental Anguish se o jogador tirar Snake Eyes (falha crítica) num ritual — não é para os jogadores atacarem Yig. Quando o Ivar fez a crítica, eu ainda não havia comprado o RoC e, como não conheço o Cthulhu d20, também não posso saber se a proposta do jogo é essa.

A proposta de CthulhuTech, pelo contrário, é exatamente essa! Eventualmente eu vou gravar uma sessão com as quick-start rules desse sistema. Só a Monica terminar os vestibulares e o Diabético ter uns dias livres a mais.

_________________
Blogs de Dungeons & Dragons 4e em Português! Assine o feed.
avatar
Marcelo Dior
Comandante
Comandante

Mensagens : 1691
Data de inscrição : 17/01/2009
Idade : 37
Localização : Ribeirão Preto (SP)

Ver perfil do usuário http://marcelodior.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VTT 102: origens

Mensagem por Brenno em Seg Nov 22, 2010 11:23 pm

Ótimo tema...

Realmente é complicado estabelecer os parâmetros para um jogo convenconal, com iniciantes considero mais desafiador. Acho mais dificil manter os jogadores unidos ou interessados em se manterem unidos por muito tempo quando a premissa é "cada um veio de um lado" se não há vontade dos jogadores para inclusive fazerem concessões de motivações/objetivos/personalidade.

Tambem defendo que personagem exótico deve no minimo ser cuidadosamente avaliado pelo mestre antes de ser aceito (antes da criação da ficha como disseram), mesmo tendo sido liberado qualquer coisa, pois a ambientação e os conteudos da historia ja indicam os limites do que flui ou não no jogo.

Sobre CoC eu so conheço o sistema Chaosium, mas tambem ouvi muitas avaliações negativas da versão D20. Fiquei curioso em saber o que faz dela melhor que a original...
avatar
Brenno
Tenente
Tenente

Mensagens : 284
Data de inscrição : 21/01/2009
Idade : 41
Localização : Salvador (BA)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VTT 102: origens

Mensagem por Dbohr em Ter Nov 23, 2010 4:32 am

Não vou desvirtuar o tópico para falar de CoC d20, então outra hora abro um novo para discutirmos o assunto Smile

_________________
Leia meu blog: "O Telhado de Vidro" - Ciência, Crítica e Humor!

Dúvidas sobre o PbF da Celestia? Clique aqui e consulte o computador-biblioteca!
avatar
Dbohr
Comandante
Comandante

Mensagens : 1418
Data de inscrição : 29/09/2009
Idade : 42
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://otelhado.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VTT 102: origens

Mensagem por Arquimago em Qua Nov 24, 2010 1:37 pm

Dbohr escreveu:Não vou desvirtuar o tópico para falar de CoC d20, então outra hora abro um novo para discutirmos o assunto Smile

Já abriu o outro tópico,porque acabei de ler o núcleo do Rastro e é simples,tudo ver com o jogo e me empolgou muito!

Mas claro falta uma boa parte do livro (pulei uns pedaços Rolling Eyes )

_________________
Rubens O Grande Arquimago!!!
avatar
Arquimago
Tenente-Comandante
Tenente-Comandante

Mensagens : 767
Data de inscrição : 02/02/2009
Idade : 29
Localização : Jaú - São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VTT 102: origens

Mensagem por Göltork em Qui Nov 25, 2010 9:58 am

Normalmente eu uso In Media Res (Haha, aprendi com vcs!) pra unir os personagens. Eles entram por acaso juntos em uma cena de ação ou na qual eles são praticamente obrigados a se unirem pra vencer o desafio.

Ex: Os personagens foram presos em uma cela de uma dungeon por goblins que saquearam a caravana na qual eles estavam. Pra fugir eles precisam se unir e abrir espaço entre os goblins que habitam a dungeon rumo à liberdade.

PS: Acho que foi o Marcelo que comentou que só um ouvinte não gostou do episódio Punk e acho que se referia a mim. Não é verdade, já que gostei do episódio de coração, só quis dizer que a cada "PUNK!" pronunciado meus timpanos "saltavam da cadeira" como quem leva um susto inesperado, hehehe.
avatar
Göltork
Subtenente
Subtenente

Mensagens : 237
Data de inscrição : 21/01/2010
Idade : 30
Localização : Sapucaia do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://terrasdenur.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VTT 102: origens

Mensagem por Careca em Dom Nov 28, 2010 9:35 am

Sempre tive problemas para juntar personagens. Não sou a favor de jogar todo o trabalho para os jogadores, embora tenha feito isso com frequência nas minhas últimas aventuras. Eu acho que esse trabalho deve ser feito em conjunto na hora da criação das fichas. Os jogadores vão descrevendo como se conhecem e o mestre vai colocando alguns pontos nessa história para ficar de acordo com o mundo/campanha.

Quanto a personagens bizarros, eu já mestrei para um grupo inteiro de aberrações no passado. Um mesmo grupo tinha um Death Knight, um Monge Meio-Demônio-meio-celestial, um minotauro cowboy (inspirado nos cowboys de Moo-mesa) e um psiônico combado. Conseguimos levar os personagens em uma história coerente do nível 5 ao nivel 19, onde no final quase todos mudaram suas tendências e salvaram o mundo. Acho que é uma questão apenas de sentar com os jogadores e planejar juntos a campanha.
avatar
Careca
Subtenente
Subtenente

Mensagens : 232
Data de inscrição : 08/07/2009
Idade : 30
Localização : Recife

Ver perfil do usuário http://blogzaodorpg.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VTT 102: origens

Mensagem por Arquimago em Dom Nov 28, 2010 10:19 am

Careca escreveu:Sempre tive problemas para juntar personagens. Não sou a favor de jogar todo o trabalho para os jogadores, embora tenha feito isso com frequência nas minhas últimas aventuras. Eu acho que esse trabalho deve ser feito em conjunto na hora da criação das fichas. Os jogadores vão descrevendo como se conhecem e o mestre vai colocando alguns pontos nessa história para ficar de acordo com o mundo/campanha.

Quanto a personagens bizarros, eu já mestrei para um grupo inteiro de aberrações no passado. Um mesmo grupo tinha um Death Knight, um Monge Meio-Demônio-meio-celestial, um minotauro cowboy (inspirado nos cowboys de Moo-mesa) e um psiônico combado. Conseguimos levar os personagens em uma história coerente do nível 5 ao nivel 19, onde no final quase todos mudaram suas tendências e salvaram o mundo. Acho que é uma questão apenas de sentar com os jogadores e planejar juntos a campanha.


Você é meu ídolo!

_________________
Rubens O Grande Arquimago!!!
avatar
Arquimago
Tenente-Comandante
Tenente-Comandante

Mensagens : 767
Data de inscrição : 02/02/2009
Idade : 29
Localização : Jaú - São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VTT 102: origens

Mensagem por Careca em Seg Nov 29, 2010 6:36 am

Arquimago escreveu:
Careca escreveu:Sempre tive problemas para juntar personagens. Não sou a favor de jogar todo o trabalho para os jogadores, embora tenha feito isso com frequência nas minhas últimas aventuras. Eu acho que esse trabalho deve ser feito em conjunto na hora da criação das fichas. Os jogadores vão descrevendo como se conhecem e o mestre vai colocando alguns pontos nessa história para ficar de acordo com o mundo/campanha.

Quanto a personagens bizarros, eu já mestrei para um grupo inteiro de aberrações no passado. Um mesmo grupo tinha um Death Knight, um Monge Meio-Demônio-meio-celestial, um minotauro cowboy (inspirado nos cowboys de Moo-mesa) e um psiônico combado. Conseguimos levar os personagens em uma história coerente do nível 5 ao nivel 19, onde no final quase todos mudaram suas tendências e salvaram o mundo. Acho que é uma questão apenas de sentar com os jogadores e planejar juntos a campanha.


Você é meu ídolo!

Que fique claro que eu nunca repetiria isso. Eu tive tanto trabalho nessa campanha que quase rolou um TPK proposital umas 3 vezes. Depois eu me conformei e quis levar a campanha até onde desse, pq passei a gostar. Acho que foi um pouco de sindrome de estocolmo =P
avatar
Careca
Subtenente
Subtenente

Mensagens : 232
Data de inscrição : 08/07/2009
Idade : 30
Localização : Recife

Ver perfil do usuário http://blogzaodorpg.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VTT 102: origens

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum