Savage Curupira: o olho de Kilquato

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por DM Rafael em Seg Nov 08, 2010 5:15 pm

Em algum lugar na floresta amazônica dos anos 1930 está escondida uma jóia que, diz a lenda, dá poderes incríveis àquele que a possuir. É chamada de O Olho de Killquato, o deus-jacaré, e cabe ao aventureiro e caçador de tesouros Buck Savage e sua equipe encontrá-la… antes que outrem o façam.

Sistema: Savage Worlds
GM: Marcelo
Jogadores: Marcos, Gavasa, Luís Filipe

http://www.terceiraterra.com/sj/savage-curupira-o-olho-de-kilquato/

_________________
Tenente-Comandante Tolkien
Errata do SW Saga e Monstros do Mundo Real diagramada em 21x21cm.
Dungeon Tiles Mapper 2.0 versão melhorada do programa disponibilizado pela Wizards
Mais Tiles! Halls of the Giant Kings e o Galaxy Tiles
avatar
DM Rafael
Comandante
Comandante

Mensagens : 1604
Data de inscrição : 14/02/2009
Idade : 36
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por DM Rafael em Seg Nov 08, 2010 5:16 pm

Comecei a ouvir a aventura na minha volta pra casa (ainda restam 3h de jogo) e tô curtindo a vera!

Agora o sistema pareceu mais complicado do que imaginava. Não curto muito sistemas de dano que causam penalidades nas ações, especialmente em jogos de ação. Mas vamos ver como corre para ter uma ideia melhor!

_________________
Tenente-Comandante Tolkien
Errata do SW Saga e Monstros do Mundo Real diagramada em 21x21cm.
Dungeon Tiles Mapper 2.0 versão melhorada do programa disponibilizado pela Wizards
Mais Tiles! Halls of the Giant Kings e o Galaxy Tiles
avatar
DM Rafael
Comandante
Comandante

Mensagens : 1604
Data de inscrição : 14/02/2009
Idade : 36
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Tabris em Seg Nov 08, 2010 6:15 pm

Muito bom ver uma sessão de jogo de Savage Worlds que é de longe meu sistema favorito.

DM Rafael escreveu:Comecei a ouvir a aventura na minha volta pra casa (ainda restam 3h de jogo) e tô curtindo a vera!

Agora o sistema pareceu mais complicado do que imaginava. Não curto muito sistemas de dano que causam penalidades nas ações, especialmente em jogos de ação. Mas vamos ver como corre para ter uma ideia melhor!
Na verdade ele não é tão complicado, ele só é diferente do que muitos jogadores de RPG estão acostumados. Algumas regras parecem meio contra intuitivas no inicio, mas depois que vc se acostuma fica muito fácil.

Fora que o próprio Marcelo não conhecia muito bem as regras né?

Só notei alguns erros:

Eu só notei algumas coisas faltando.

1 - Só o primeiro raise na jogada para acertar da +1d6 no dano. Raises subsequentes não tem efeito nenhum (uma das unicas situações onde isso acontece)
2 - Vc falou dos usos de Taunt e Intimidation mas não falou das tricks. Nos truques você usa Smarts ou Agility, um sucesso diminui o Parry do alvo, um raise causa um resultado shaken. Raises subsequentes não causam dano. Vc não causa um shaken tão fácil, mas mesmo assim é util para batalhas em grupo e para personagens que não são bons em combate (Magos ou cientistas loucos sem Pontos de Poder por exemplo)
3 - Vc esqueceu do Gang-up. Não tem regra de flanquear em Savage Worlds, simplesmente para cada pessoa atacando uma outra além da primeira todos os atacantes ganham +1. Por exemplo um jogador é atacado por três ninjas, todos os ninjas ganham +2 nos ataques.
4 - Da uma lida na sessão de Ciência Estranha do livro. Vc tá usando ciência estranha como se fosse Magia.
5 - Lê a hindrance Bad Eyes no livro. Eu acho que ele não perde a visão sem óculos. Ele ganha aquelas penalidades que você falou. Com os óculos ele não tem penalidade nenhuma.
6 - Quanto alguem está shaken e leva um raise no dano ele não leva dois wounds, um apenas. Raises além desses dão wounds normalmente.

PS: Eu baixei a aventura e ela retrata o Brasil razoavelmente bem. Os NPCs brasileiros como o Manny e alguns personagens mais a frente na campanha tem português como língua na ficha (Alguns falam espanhol também, mas não todos). Uma pena que vc tenha esquecido a aventura e por isso pulou a cena de perseguição. Eu pessoalmente gosto bastante das regras de perseguição.

PS2: Toda vez que alguem fica shaken eu lembro do James Bond e seu Martini: "Shaken, not stirred"
avatar
Tabris
Subtenente
Subtenente

Mensagens : 192
Data de inscrição : 08/10/2009
Idade : 29
Localização : Duque de Caxias, RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por DM Rafael em Seg Nov 08, 2010 8:59 pm

Veja bem: eu disse que o sistema pareceu mais complicado do que eu imaginava, não que ele era demasiadamente complicado. Se fosse assim eu nem jogaria AD&D4 que é mega complexo!

Isso porque (e eu só ouvi até o início da primeira ação) parecem ter jogadas de ataque, jogadas de dano, jogadas de resistência e fichinhas para alterar isso, então me pareceu que tem tantas variáveis que a todo momento você está recontando a mesma cena.

Mas falando assim parece que eu não gostei, o que não é verdade. Estou achando bem interessante, e gostei dos traits. Só pensava que a resolução fosse menos complexa, mais parecida com o wushu. Mas pelo visto não é.

_________________
Tenente-Comandante Tolkien
Errata do SW Saga e Monstros do Mundo Real diagramada em 21x21cm.
Dungeon Tiles Mapper 2.0 versão melhorada do programa disponibilizado pela Wizards
Mais Tiles! Halls of the Giant Kings e o Galaxy Tiles
avatar
DM Rafael
Comandante
Comandante

Mensagens : 1604
Data de inscrição : 14/02/2009
Idade : 36
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Tabris em Seg Nov 08, 2010 9:03 pm

DM Rafael escreveu:Veja bem: eu disse que o sistema pareceu mais complicado do que eu imaginava, não que ele era demasiadamente complicado. Se fosse assim eu nem jogaria AD&D4 que é mega complexo!

Isso porque (e eu só ouvi até o início da primeira ação) parecem ter jogadas de ataque, jogadas de dano, jogadas de resistência e fichinhas para alterar isso, então me pareceu que tem tantas variáveis que a todo momento você está recontando a mesma cena.

Mas falando assim parece que eu não gostei, o que não é verdade. Estou achando bem interessante, e gostei dos traits. Só pensava que a resolução fosse menos complexa, mais parecida com o wushu. Mas pelo visto não é.
É, vc joga ataques e dano, pronto. A jogada de resistência é só se vc gastar uma ficha e é só apra personagens heroicos. Geralmente é mais a exceção do que a regra.

PS: Esqueci de falar. Mas o Savage Worlds usa d20 sim, mas por mais bizarro que pareça ele só serve para a tabela de horror que vc rola caso os personagens falhem em um teste de guts contra medo extremo (ou tirem snake eyes em um teste de medo normal)

PS2: Ainda não terminei de ouvir, mas queria lembrar que com uma pistola vc pode atirar no corpo a corpo. Só que no lugar de ser 4 a dificuldade é o Parry do alvo.

PS3: Quando vc atira em full auto (ou em qualquer situação em q vc faz várias colagens por causa de uma única ação), vc só joga um wild die e escolhe que dado ele vai substituir.

PS4: A Colt não atira duas vezes na mesma rodada, mas como ela é uma arma semi-auto é possivel dar um two tap, dar dois tiros em sucessão, uma tática padrão de quem usa armas semi-automáticas, oq da alguns bônus, conforme o livro descreve.
avatar
Tabris
Subtenente
Subtenente

Mensagens : 192
Data de inscrição : 08/10/2009
Idade : 29
Localização : Duque de Caxias, RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Beholder William em Sab Nov 13, 2010 12:39 pm

Gostei muito e serviu-me pra dar uma destravada no que se refere a mestrar Savage Worlds. Tenho aqui um monte de Campaigns Settings e tava adiando mestrar não sei porque motivo. Valeu pela pilha aí, Marcelo!
Que venham mais cheers (que tal um Savage Worlds of Solomon Kane?)!
avatar
Beholder William
Recruta
Recruta

Mensagens : 24
Data de inscrição : 25/10/2009
Idade : 39
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Tabris em Sab Nov 13, 2010 12:54 pm

Beholder William escreveu:Gostei muito e serviu-me pra dar uma destravada no que se refere a mestrar Savage Worlds. Tenho aqui um monte de Campaigns Settings e tava adiando mestrar não sei porque motivo. Valeu pela pilha aí, Marcelo!
Que venham mais cheers (que tal um Savage Worlds of Solomon Kane?)!
Realmente, Savage Worlds tem cenários maravilhosos.
avatar
Tabris
Subtenente
Subtenente

Mensagens : 192
Data de inscrição : 08/10/2009
Idade : 29
Localização : Duque de Caxias, RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Göltork em Sab Nov 13, 2010 6:01 pm

Quando a retropunk vai lançar as regras básicas de SWorlds em português? Me refiro ao corebook, não ao fast play.
avatar
Göltork
Subtenente
Subtenente

Mensagens : 237
Data de inscrição : 21/01/2010
Idade : 30
Localização : Sapucaia do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://terrasdenur.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Tabris em Sab Nov 13, 2010 6:09 pm

Göltork escreveu:Quando a retropunk vai lançar as regras básicas de SWorlds em português? Me refiro ao corebook, não ao fast play.
Difícil dizer, eles ainda não tem a permissão para publicar por que a Pinnacle tem umas regras bem restritivas. Eles querem que a empresa mostre mesmo que pode dar suporte a linha publicando alguns cenários e aventuras antes mesmo do livro básico. Vamos ver no que da né?
avatar
Tabris
Subtenente
Subtenente

Mensagens : 192
Data de inscrição : 08/10/2009
Idade : 29
Localização : Duque de Caxias, RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Göltork em Sab Nov 13, 2010 6:37 pm

Tabris escreveu:
Göltork escreveu:Quando a retropunk vai lançar as regras básicas de SWorlds em português? Me refiro ao corebook, não ao fast play.
Difícil dizer, eles ainda não tem a permissão para publicar por que a Pinnacle tem umas regras bem restritivas. Eles querem que a empresa mostre mesmo que pode dar suporte a linha publicando alguns cenários e aventuras antes mesmo do livro básico. Vamos ver no que da né?

Uhm, pena.
Pouco conheço Sav. Worlds mas acho legal por ser um pouco parecido com o d20 system.
avatar
Göltork
Subtenente
Subtenente

Mensagens : 237
Data de inscrição : 21/01/2010
Idade : 30
Localização : Sapucaia do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://terrasdenur.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Tabris em Sab Nov 13, 2010 7:15 pm

Göltork escreveu:
Tabris escreveu:
Göltork escreveu:Quando a retropunk vai lançar as regras básicas de SWorlds em português? Me refiro ao corebook, não ao fast play.
Difícil dizer, eles ainda não tem a permissão para publicar por que a Pinnacle tem umas regras bem restritivas. Eles querem que a empresa mostre mesmo que pode dar suporte a linha publicando alguns cenários e aventuras antes mesmo do livro básico. Vamos ver no que da né?

Uhm, pena.
Pouco conheço Sav. Worlds mas acho legal por ser um pouco parecido com o d20 system.
Não vejo muita semelhança com o d20 system não. Mas tudo bem. Smile
avatar
Tabris
Subtenente
Subtenente

Mensagens : 192
Data de inscrição : 08/10/2009
Idade : 29
Localização : Duque de Caxias, RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Ivar em Dom Nov 14, 2010 8:19 am

Acho que uma das únicas semelhanças é usar dados de vários tipos... hehehe Smile
avatar
Ivar
Subtenente
Subtenente

Mensagens : 177
Data de inscrição : 02/12/2009
Idade : 39
Localização : Ribeirão Preto, SP

Ver perfil do usuário http://www.swordplay.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Göltork em Dom Nov 14, 2010 8:27 pm

Ivar escreveu:Acho que uma das únicas semelhanças é usar dados de vários tipos... hehehe Smile

É isso mesmo. Me deixa mais tranquilo. lol!
avatar
Göltork
Subtenente
Subtenente

Mensagens : 237
Data de inscrição : 21/01/2010
Idade : 30
Localização : Sapucaia do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://terrasdenur.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Arquimago em Seg Nov 15, 2010 3:16 pm

Eu gostei da aventura, eu li o fast play em português e não tinha visto esse monte de falhas que você falou Tabris... Mas eu li faz tempo também, e ainda não joguei.

Quanto a ser parecido com D&D, o Shido Vicious me disse isso:


"Sobre o Savage Worlds, não detectei nada de narrativo nele. O máximo que ele possui é uma Válvula de Segurança (os Benefits, ou "Bennies"), o que por si não são novidade (até o d20 tem disso hoje em dia). Quanto a "simples", isso é controverso. Se comparamos com o d20, de fato é mais simples -- mas podemos afirmar o mesmo sobre uma cacetada de outros sistemas. No frigir dos ovos, o sistema não tem nada de especial -- é um sistema com base de wargame com atributos, perícias, vantagens, desvantagens (de design antigo, do tipo que "paga na hora" e não nos momentos em que afeta o personagem) e poderes especiais (magia, psi, etc.). Não há nada que ele faça que o M&M, um sistema tradicional igualmente customizável, não faça de maneira igualmente satisfatória. De mais interessante o Savage Worlds tem a maneira de graduar as coisas, com tipos de dado (d8 é melhor que d4) em vez de pontos (+3 é melhor que +1). Mas se for *apenas* por isso, o Smallville é uma pedida melhor -- gradua as coisas do mesmo jeito, mas as interações mecânicas possuem um projeto mais atual."




Quando perguntei, e acabei concordando, ainda mais depois de ouvir essa SJ.

Só para não ficar muito fora de contexto, essa fala dele está nos comentários desta matéria:

http://www.dot20.com.br/2010/10/22/regras-e-interpretacao-2/








Há sim, mesmo assim gostaria muito de Jogar, pena que a Retropunk vai demorar um pouco... ainda bem que na questão de "Pulp" o Espírito do Século vem vindo, e claro o cenário mais foda de SW que eu quero jogar o Solomon Kane!!! Frenzied

_________________
Rubens O Grande Arquimago!!!
avatar
Arquimago
Tenente-Comandante
Tenente-Comandante

Mensagens : 767
Data de inscrição : 02/02/2009
Idade : 29
Localização : Jaú - São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Tabris em Seg Nov 15, 2010 4:11 pm

O quickplay tá bem legal, tradução muito boa e o unico erro que tinha eles já corrigiram.
avatar
Tabris
Subtenente
Subtenente

Mensagens : 192
Data de inscrição : 08/10/2009
Idade : 29
Localização : Duque de Caxias, RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Marcelo Dior em Sab Nov 27, 2010 9:27 am

Tabris escreveu:Eu só notei algumas coisas faltando. 1 - Só o primeiro raise na jogada para acertar da +1d6 no dano. Raises subsequentes não tem efeito nenhum (uma das unicas situações onde isso acontece) ... Quanto alguem está shaken e leva um raise no dano ele não leva dois wounds, um apenas. Raises além desses dão wounds normalmente.
De fato! Página 74, "f your hero gets a raise on his attack roll (regardless of how [i]many raises), he adds +1d6 to the final total. This roll may Ace as usual!". Bom, ter ignorado essa regra vai levar a umas mortes bem fantásticas tanto no segundo Eye of Killquato quanto no jogo inaugural de Trail of Cthulhu (ainda a ser publicado). Mas segui-la certamente vai deixar o jogo um pouco menos mortífero — não muito, porque os dados de dano podem tirar ás também.

2 - Vc falou dos usos de Taunt e Intimidation mas não falou das tricks.
Foi proposital. Queria ver se os jogadores seriam criativos sem eu lhes dizer que podiam ser. No mesmo jogo, com o Ivar e o Artur, isso acaba acontecendo (mas eu provavelmente sou mais generoso com o resultado do que o sistema sugere).

Vc esqueceu do Gang-up.
Acho que só vou me lembrar disso no segundo jogo (com Artur e Ivar) mas, mesmo assim, me esqueci dela na luta final.

Lê a hindrance Bad Eyes no livro. Eu acho que ele não perde a visão sem óculos. Ele ganha aquelas penalidades que você falou.
De fato, e isso vai ser ignorado mesmo no segundo jogo — o problema de não ter sido você a fazer sua ficha.

PS: Eu baixei a aventura e ela retrata o Brasil razoavelmente bem.
Tirando o fato de que tem Brasília no mapa e crocodilos na Amazônia, também achei. A maior parte dos estereótipos americanoides foram por minha conta, escárnio gratuito.

Uma pena que vc tenha esquecido a aventura e por isso pulou a cena de perseguição.
Eu removi essa cena de propósito. Precisava reduzir o jogo para quatro horas, e ela usava regras que eu quase não vou usar mesmo.

PS2: Toda vez que alguem fica shaken eu lembro do James Bond e seu Martini: "Shaken, not stirred"
Eu não gosto de misturar duas línguas na mesma frase, mas com RPG descobri há muito tempo que não dá para ficar traduzido porque não são esses (traduzidos) os termos que vemos nas fichas e no livro. Só que agora vou me lembrar do James Bond toda vez que eu falar "shaken"!

PS: Esqueci de falar. Mas o Savage Worlds usa d20 sim, mas por mais bizarro que pareça ele só serve para a tabela de horror...
Fique de olho na sessão de Realms of Cthulhu que vou publicar. Você vai me ver usando essa tabela dos jeitos mais errados possíveis.

...com uma pistola vc pode atirar no corpo a corpo. Só que no lugar de ser 4 a dificuldade é o Parry do alvo.
Acho que só vi essa regra no segundo jogo (e usamos ela bastante!).

PS3: Quando vc atira em full auto (ou em qualquer situação em q vc faz várias colagens por causa de uma única ação), vc só joga um wild die e escolhe que dado ele vai substituir.
Putzgrila! Ter usado essa regra direito teria mudado o resultado de um bocado de ações em ambos os jogos! Não esqueço mais!

Este é o principal motivo de eu abrir estes tópicos. Quero saber se vocês gostaram ou não do jogo, claro, mas também quero que os ouvintes catem piolhos em meus jogos. De fato, faço questão disso. Valeu, Tabris!

_________________
Blogs de Dungeons & Dragons 4e em Português! Assine o feed.
avatar
Marcelo Dior
Comandante
Comandante

Mensagens : 1691
Data de inscrição : 17/01/2009
Idade : 37
Localização : Ribeirão Preto (SP)

Ver perfil do usuário http://marcelodior.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Arquimago em Sab Nov 27, 2010 10:41 am

Duas coisas Marcelo:

Trail of Cthulhu vocês já gravaram? E no caso é o mesmo jogo que a Retropunk está publicando no Brasil com o nome de Rastro de Cthulhu ( http://portal.retropunk.net/?q=node/317 ) do sistema GUMSHOE? É que pelo texto parece ser esse jogo só que em vez das regras do GUMSHOE vocês usaram as do Mundo Selvagem.

Realms of Cthulhu é realmente do Mundo Selvagem, você fala dele mais a abaixo que vai publicar uma SJ.... portanto, você se confundiu durante a escrita do post?
Se for blz, agora se jogou os Rastro em outro sistema mesmo, eu pergunto PQ?! Ainda mais tendo o Realms of Cthulhu ? Shocked Suspect confused Blink Huh? Hmmm...

_________________
Rubens O Grande Arquimago!!!
avatar
Arquimago
Tenente-Comandante
Tenente-Comandante

Mensagens : 767
Data de inscrição : 02/02/2009
Idade : 29
Localização : Jaú - São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Marcelo Dior em Sab Nov 27, 2010 11:01 am

Beholder William escreveu:que tal um Savage Worlds of Solomon Kane?
Bem que eu queria, mas o suplemento The Savage World of Solomon Kane custa absurdos 50 Dólares.

Arquimago escreveu:Trail of Cthulhu vocês já gravaram? E no caso é o mesmo jogo que a Retropunk está publicando no Brasil com o nome de Rastro de Cthulhu
Escrevi Trail of Cthulhu? Quis dizer Realms of Cthulhu, um suplemento para Savage Worlds da Reality Blurs, que não tem nada a ver com o Trail of Cthulhu (Rastro de Cthulhu) da Pelgrane.

E, sim, gravei a primeira metade da sessão Realms of Cthulhu semana passada, e espero gravar o resto semana que vem.

_________________
Blogs de Dungeons & Dragons 4e em Português! Assine o feed.
avatar
Marcelo Dior
Comandante
Comandante

Mensagens : 1691
Data de inscrição : 17/01/2009
Idade : 37
Localização : Ribeirão Preto (SP)

Ver perfil do usuário http://marcelodior.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Tabris em Sab Nov 27, 2010 12:10 pm

Marcelo Dior escreveu:
Beholder William escreveu:que tal um Savage Worlds of Solomon Kane?
Bem que eu queria, mas o suplemento The Savage World of Solomon Kane custa absurdos 50 Dólares.
Ele não é um suplemento. Ele tem as regras do Savage Worlds inteiras nele, vai ver por isso que tem esse preço, é um jogo por si só.
avatar
Tabris
Subtenente
Subtenente

Mensagens : 192
Data de inscrição : 08/10/2009
Idade : 29
Localização : Duque de Caxias, RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Savage Curupira: o olho de Kilquato

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum