Sessão 42: A pena e a espada

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sessão 42: A pena e a espada

Mensagem por Marcelo Dior em Seg Nov 16, 2009 10:35 am

Você já criou aventuras diplomáticas e seus jogadores resolveram tudo no braço? Você já preparou um combate intrincado e viu os PCs sairem-se apenas com conversa fiada e alguns subornos? Marcelo, Taz, Neto e Rodolfo discutem essas situações inesperadas, e também trocam idéias de como lidar com a clássica situação do jogador mais inteligente que o personagem, e vice-versa.

Bem aqui.

_________________
Blogs de Dungeons & Dragons 4e em Português! Assine o feed.
avatar
Marcelo Dior
Comandante
Comandante

Mensagens : 1691
Data de inscrição : 17/01/2009
Idade : 37
Localização : Ribeirão Preto (SP)

Ver perfil do usuário http://marcelodior.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sessão 42: A pena e a espada

Mensagem por DM Rafael em Seg Nov 16, 2009 11:20 am

Isso tem nome. São "Aggressive Negotiations", ou negociações com sabre de luz. De tanto ser citado na nova trilogia de Star Wars e nos desenhos de Clone Wars, virou até feat.

_________________
Tenente-Comandante Tolkien
Errata do SW Saga e Monstros do Mundo Real diagramada em 21x21cm.
Dungeon Tiles Mapper 2.0 versão melhorada do programa disponibilizado pela Wizards
Mais Tiles! Halls of the Giant Kings e o Galaxy Tiles
avatar
DM Rafael
Comandante
Comandante

Mensagens : 1604
Data de inscrição : 14/02/2009
Idade : 37
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sessão 42: A pena e a espada

Mensagem por Allian em Seg Nov 16, 2009 1:11 pm

achei que era diplomacia do shogun ._."

ps.: diplomacia é o martelo dele.
avatar
Allian
Tenente-Comandante
Tenente-Comandante

Mensagens : 868
Data de inscrição : 20/01/2009
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sessão 42: A pena e a espada

Mensagem por Tsu em Seg Nov 16, 2009 1:22 pm

Então, qdo o jogador não interpreta direito, eu dou redutor na rolagem de perícia, qdo ele interpreta melhor ou tem uma boa idéia, eu dou bônus. Como as regras do Gurps recomendam. Mas, é como o Netão disse: Se o jogador tem uma lábia boa e o personagem não, na hora em que ele comete essa falta, eu dou o bônus na jogada e imediatamente aviso que ele será punido na XP por não interpretar. Se esse comportamento continuar, obrigo ele a gastar toda xp q ganhar para desenvolver sua capacidade oratória. Ou até mesmo recomendar que ele mude de personagem se quiser sempre jogar dessa forma.
Com relação aos quebra cabeças, deixo os jogadores pensarem primeiro. Aí os que têm personagens mais inteligentes tem a chance de dar a resposta antes. Se não souber, vai passando pros menos inteligentes. Quem responder primeiro ganha xp extra. Mas os personagens burrões tem q rolar dado de inteligência com redutor. se ninguém conseguir resolver depois de um tempo. Eles podem rolar dado.
avatar
Tsu
Subtenente
Subtenente

Mensagens : 151
Data de inscrição : 03/02/2009
Idade : 37
Localização : SP

Ver perfil do usuário http://contosderpg.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sessão 42: A pena e a espada

Mensagem por Arquimago em Seg Nov 16, 2009 3:12 pm

Bom episodio com varias saídas, e não uma só, ninguém foi o dono da verdade.

Marcelo acho que você colocou o aviso de spoiler, mas esquece ver o relógio, provavelmente porque só colocou os recadinhos no começo, marcava 01h14min quando o aviso foi colocado, e você disse para pular até 01h10min...

Já coloquei nos comentários, mas expressão em português para quem fala muito bem é "Bico de ouro", aquele leva os outros no bico, na conversa.

Mudando de assunto, como funciona a compra e o aluguel na Sairava, se der pau no meu HD como faço?

Tem limite de tempo para ver depois que eu baixo?

Precisa de uma conexão muito boa?

Dá para gravar e levar na casa de um amigo?

Só roda se eu estiver conectado na net?

_________________
Rubens O Grande Arquimago!!!
avatar
Arquimago
Tenente-Comandante
Tenente-Comandante

Mensagens : 767
Data de inscrição : 02/02/2009
Idade : 29
Localização : Jaú - São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sessão 42: A pena e a espada

Mensagem por Marcelo Dior em Seg Nov 16, 2009 6:08 pm

Arquimago escreveu:Bom episodio com varias saídas, e não uma só, ninguém foi o dono da verdade.
Meu plano falhou, maldição!

Marcelo acho que você colocou o aviso de spoiler, mas esquece ver o relógio, provavelmente porque só colocou os recadinhos no começo, marcava 01h14min quando o aviso foi colocado, e você disse para pular até 01h10min...
Ops, escorregada federal! Foram aprox. seis minutos de recados adicionados de última hora. Já corrigi e o novo áudio já está no ar. E, para quem estiver se perguntando onde está a versão com playlist, ela virá hoje de noitão ou amanhã de manhã (agora tenho que liberar o PC para a mulher escrever o TCC dela).

Já coloquei nos comentários, mas expressão em português para quem fala muito bem é "Bico de ouro", aquele leva os outros no bico, na conversa.
Valeu!

Mudando de assunto, como funciona a compra e o aluguel na Sairava, se der pau no meu HD como faço?
Cara, eu poderia dizer aqui, mas é muito mais fácil de você olhar o próprio FAQ da Saraiva Digital, neste link.

_________________
Blogs de Dungeons & Dragons 4e em Português! Assine o feed.
avatar
Marcelo Dior
Comandante
Comandante

Mensagens : 1691
Data de inscrição : 17/01/2009
Idade : 37
Localização : Ribeirão Preto (SP)

Ver perfil do usuário http://marcelodior.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sessão 42: A pena e a espada

Mensagem por Arquimago em Ter Nov 17, 2009 5:55 am

Lendo o FAQ

_________________
Rubens O Grande Arquimago!!!
avatar
Arquimago
Tenente-Comandante
Tenente-Comandante

Mensagens : 767
Data de inscrição : 02/02/2009
Idade : 29
Localização : Jaú - São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sessão 42: A pena e a espada

Mensagem por Renato de Recife em Ter Nov 17, 2009 7:56 am

Eu normalmente sigo a seguinte linha:

Se o jogador é inteligente ou carismático, mas faz um personagem burro ou antisocial, eu peço que ele interprete o personagem segundo a ficha ou que se comprometa a gastar os pontos de experiência para aumentar as características mentais e sociais. Eu já vi muito jogador eloquente gastar todos os pontos disponíveis em habilidades físicas e na hora da interação social ignorar as deficiências do personagem, usando suas próprias habilidades sociais. Eu classifico isso pura e simplesmente como combo, o cara está simplesmente tentando criar um personagem que é bom em tudo, que pode se dar bem em qualquer situação, eu tenho a tendência de como narrador ser um tanto quanto cruel com esse tipo de jogador Devil a ideia da meleca no nariz durante o discurso grandiloquente (agora tem no fórum também, hehehe) é ótima e certamente irei usá-la quando surgir a oportunidade.

Já no caso do jogador mentalmente desprovido de recursos (ou seja, BURRO) ou tímido/gago, eu permito que ele resolva tudo nas jogadas de dado, mas sem receber XP extra por interpretação. Os jogadores que interpretam bem certamente vão reclamar, mas se você exige que o jogador interprete habilidades que ele não tem, você está punindo-o por não ser tão inteligente ou carismático quanto o personagem. Um dos atrativos do RPG, pelo menos para mim, é criar e interpretar um personagem diferente de mim, que faça coisas que eu não costumo, não consigo ou não sei fazer. Um cara tímido ou gago vai fazer um Bardo ou um Toreador para ter a sensação de ser o centro das atenções, de conquistar mulheres e de ser admirado ou invejado, coisas que ele não experimenta no seu dia a dia. Se eu exijo a interpretação dele, eu estou tirando a diversão do jogo para ele e possivelmente colocando-o numa situação extremamente desconfortável.

Resumindo:

Se o jogador pode interpretar um personagem inteligente ou carismático, mas opta por não fazê-lo (criando um porradeiro), eu exijo que ele se atenha a suas escolhas ou que modifique o personagem gastando experiência.

Se o jogador não consegue interpretar um personagem inteligente ou carismático, mas quer experimentar a sensação de ser assim, eu permito que ele resolva tudo com jogadas de dado, mas sem receber bônus nas jogadas ou experiência extra por isso.
avatar
Renato de Recife
Comandante
Comandante

Mensagens : 1259
Data de inscrição : 30/01/2009
Idade : 37
Localização : Recife-PE

Ver perfil do usuário http://tocadegnomo.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sessão 42: A pena e a espada

Mensagem por Tsu em Ter Nov 17, 2009 9:10 am

hahhaaa...é sim um combo.
eu fiz isso no meu persona de lobisomem.Físicos como primário, social secundário e mentais por último.
aí vc olha os atributos q vc vai precisar pra rolada de dados dos teus dons e de combate e bomba eles. o resto vc deixa de lado.
avatar
Tsu
Subtenente
Subtenente

Mensagens : 151
Data de inscrição : 03/02/2009
Idade : 37
Localização : SP

Ver perfil do usuário http://contosderpg.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sessão 42: A pena e a espada

Mensagem por Paulo Antunes em Qua Nov 18, 2009 6:43 pm

Gosto muito de fazer personagens diplomáticos... ou nem tão diplomáticos, mas sim bons de "parler". Poder escapar de situações de perigo e tensão com o jeitinho Jack Sparrow de ser é o que eu mais me satisfaz... savvy?

Tudo bem que a gente não usa muito em DnD e o que a gente mais berra nos jogos é INICIATIIIIVA, logo seguido de um CAAAAAAARGA! Mas em jogos como Star Trek, e o nosso atual Star Wars corsários, é essencial saber falar bem. Em Call of Cthulhu, mais importante que saber falar bem é saber correr bem, mas skills diplomáticos são sempre importantes para um investigador.

Até mesmo em games eu gosto de personagens diplomáticos. Em Fallout 3, que você pode construir seus skills de maneira bem semelhante a maioria dos rpgs de mesa, eu bombei muito o speech da minha personagem, ao ponto de entrar no esconderijo de um grupo de canibais (que se achavam vampiros) e negociar para liberarem um garoto que tinha se juntado a eles, pois sua irmã o estava procurando. Sem disparar um tiro, e ainda virando amigo da galera. Se eu tivesse me ligado nessa escala de progressão em Mass Effect, eu acho que ainda teria alguns companheiros vivos, e levado mais algum npc pra cama... hahaha!

T+
Paulo Antunes

_________________
Godmode

"So which of the Latin countries are you from:
the one with the civil war, the one with the
cocaine, or the one with the fancy hats?"
Stewie Griffin (Family Guy)
avatar
Paulo Antunes
Tenente
Tenente

Mensagens : 261
Data de inscrição : 10/04/2009
Idade : 39
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://www.godmodepodcast.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sessão 42: A pena e a espada

Mensagem por DM Rafael em Qua Nov 18, 2009 7:44 pm

Paulo Antunes escreveu:Tudo bem que a gente não usa muito em DnD e o que a gente mais berra nos jogos é INICIATIIIIVA, logo seguido de um CAAAAAAARGA!
Lembro de pelo menos umas duas ou três situações que poderiam ter sido resolvidas com testes de diplomacia (ou empatia animal, ou charm) mas que depois dos primeiros testes foram seguidas pro INICIATIIIIVA e CHAAAAAAAARGE!

Mas até ai, super normal. D&D é basicamente dividido em encontros de combate e encontros de não combate. Agora eu fiquei surpreso mesmo foi no Dia D RPG, onde mestrei uma adaptação da aventura do Aussirkothar. O grupo conseguiu convencer a tribo do povo-lagarto (após exterminar todos os guerreiros da tribo) a fazer uma oferenda para o dragão branco. Quando o dragão aparecesse para comer, eles atacariam numa emboscada perfeita. O mais legal é o dragão (9lv solo brute) caiu feito um patinho, e plano teve bons frutos. E tudo graças a bons usos de diplomacia e intimidação.

Mas acho que fugi do tópico...

_________________
Tenente-Comandante Tolkien
Errata do SW Saga e Monstros do Mundo Real diagramada em 21x21cm.
Dungeon Tiles Mapper 2.0 versão melhorada do programa disponibilizado pela Wizards
Mais Tiles! Halls of the Giant Kings e o Galaxy Tiles
avatar
DM Rafael
Comandante
Comandante

Mensagens : 1604
Data de inscrição : 14/02/2009
Idade : 37
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sessão 42: A pena e a espada

Mensagem por Aiken Frost em Dom Nov 22, 2009 8:32 pm

(...) ao ponto de entrar no esconderijo de um grupo de canibais (que se achavam vampiros) e negociar para liberarem um garoto que tinha se juntado a eles, pois sua irmã o estava procurando. Sem disparar um tiro, e ainda virando amigo da galera.

Pô cara. Tu deixou um bando de canibais metidos a vampiros, vivos pra continuar a espalhar o terror nas Wastelands. Se você tivesse usado de violência, a população inocente estaria bem mais segura agora.

A violência é sua amiga!

Isso foi só pra mostrar que jogador SEMPRE arranja desculpa pra usar violência ao invés de diplomacia. Principalmente quando os NPCs mechem com o brio deles. Os jogadores na maioria das vezes não pensam meia cena a frente.

Aiken Frost
Civil
Civil

Mensagens : 9
Data de inscrição : 23/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sessão 42: A pena e a espada

Mensagem por Marcelo Dior em Seg Nov 23, 2009 2:00 am

Demorou, mas a versão com playlist desta sessão já está lá no website.

_________________
Blogs de Dungeons & Dragons 4e em Português! Assine o feed.
avatar
Marcelo Dior
Comandante
Comandante

Mensagens : 1691
Data de inscrição : 17/01/2009
Idade : 37
Localização : Ribeirão Preto (SP)

Ver perfil do usuário http://marcelodior.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sessão 42: A pena e a espada

Mensagem por Arquimago em Qui Nov 26, 2009 6:04 am

Ouvi novamente a seção, me dediquei a isso, e o jogo é muito doido!

Cara vocês jogaram o final longe dos microfones?

Sempre saiu coisas doidas assim?!

Achei muito legal!!!

Mas fico pensando que pessoas pouco criativas poderiam achar o jogo chato, apesar que a intenção pelo que vi é falar sempre a primeira coisa que vem a mente, sem se preocupar o quão doida ela é, desde que ela não quebre o pacto de realidade, claro.

_________________
Rubens O Grande Arquimago!!!
avatar
Arquimago
Tenente-Comandante
Tenente-Comandante

Mensagens : 767
Data de inscrição : 02/02/2009
Idade : 29
Localização : Jaú - São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sessão 42: A pena e a espada

Mensagem por Rick Danger em Sab Nov 28, 2009 7:45 am

Quem conhece Dogs in the Vineyard tem já comprovado que qualquer cena pode sempre escalar para a porrada Razz por isso não é possível impedir os jogadores de forçar o conflito físico (a menos que se diga só "não pode"). No entanto - como se vê no DoV - a piada dos diferentes tipos de conflito não está em forçar as personagens a moverem-se em circunstãncias onde se sintam menos competentes, mas sim em dar essa escolha no sentido de escalar ou não o conflito e fazer com que essa escolha seja o mais difícil possível. Por exemplo, é muito fácil arrancar a cabeça ao goblin genérico número 70232, mas o que fazer se for o nosso irmão mais novo desaparecido que se tornou um rogue assassino contratado para nos matar? Que prometemos à nossa mãe salvar? Pelo qual a nossa ex-namorada se apaixonou e agora o protege?... Smile

Mais um belo episódio, boa discussão!
avatar
Rick Danger
Almirante de Esquadra (Moderador)
Almirante de Esquadra (Moderador)

Mensagens : 107
Data de inscrição : 20/11/2009
Localização : Porto, Portugal

Ver perfil do usuário http://jogadorsonhador.podbean.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sessão 42: A pena e a espada

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum